Juvenis

Podem fazer parte do escalão de juvenis nadadores nascidos em 2007/2008 e nadadoras nascidas em 2008/2009. É desejável que os nadadores neste escalão, consigam competir em diferentes distâncias e técnicas: 

 

Crawl, bruços, costas e mariposa: 50m, 100m e 200m 

Estilos: 100m, 200m e 400m 

Crawl: 400m, 800m e 1500m 

 

Tem como objetivos principais:  

Treinar para fazer.  

Otimização da qualidade técnica dos diferentes estilos de nado, incremento da eficiência de nado, utilizando indicadores cinemáticos, bem como recurso a filmagem individual, análise de imagem e visualização de vídeos. 

Desenvolvimento do trabalho aeróbio intenso e severo, velocidade e trabalho técnico.  

Desenvolvimento da estabilidade e flexibilidade das diferentes regiões anatómicas, bem como o desenvolvimento das técnicas de respiração, recorrendo ao perfil fisiológico, técnico, antropométrico e atlético do nadador  

Contribuir para a formação integral do nadador enquanto cidadão e desportista, através dos princípios e valores fundamentais do desporto de competição. 

Criar estratégias para manter um ambiente de treino positivo, saudável e motivador. 

Proporcionar condições para manter a motivação da equipa, espírito de interajuda e respeito pelo esforço de todos. 

Incentivar à resiliência e persistência para a autossuperação do nadador. 

Promover o trabalho de equipa para o alcance de objetivos comuns. 

Avaliar, prescrever e monitorizar de acordo com as evidências científicas. 

 

DESPORTIVOS 

 

Aumentar a representatividade do clube em:  

Torneios zonais  

Campeonatos nacionais 

Elevar o nível competitivo da equipa – obtenção de classificações de destaque 

 

TREINO ÁGUA 

 

Desenvolvimento do trabalho aeróbio intenso, velocidade e treino técnico

Privilegiar a individualização do treino e introdução da importância de formulação de objetivos pessoais e estratégias para os alcançar 

Recorrer às ferramentas tecnológicas disponíveis (virtual trainner, filmagens, análises de vídeo...) como forma de avaliar e controlar o processo de treino assim como manter a motivação de trabalho da equipa

 

TREINO FÍSICO 

 

Avaliação Antropométrica e Qualidade do Movimento  

Avaliação do perfil atlético e de força 

Planeamento adequado às características individuais 

Divisão em grupos de trabalho de acordo com as necessidades  

Implementar e sensibilizar a importância da realização de rotinas de treino que visem a redução do risco de lesão 

 

NUTRICIONISTA 

 

Sensibilizar para a importância de hábitos alimentares saudáveis 

Sinalização de atletas que necessitem de um acompanhamento mais individual

 

PSICOLOGO 

 

Monitorização e desenvolvimento das dimensões essenciais para o desenvolvimento do atleta  

Monitorização dos índices motivacionais individuais

Sinalização de atletas que necessitem de um acompanhamento mais individual

 

FISIOTERAPEUTA 

 

Estabelecer rotinas pré e pós competição

Definir protocolos de intervenção que permitam diminuir o risco de lesão 

Tratamento e recuperação de lesões